A importância de planejar as compras de mudas e as atividades de silvicultura no plantio de florestas de Pinus e Eucalipto

Destaque, Eucalipto, Manejo, Pinus

A obtenção das mudas é talvez um dos componentes de menor custo e ao mesmo tempo o mais importante para o sucesso do empreendimento florestal, por ser um fator fundamental na definição da produtividade obtida através dos plantios. Para conseguir uma porcentagem considerável de ganhos com a floresta é necessário planejar com antecedência não só a compra de mudas, mas também as atividades de silvicultura.

Para produção de uma muda clonal de Eucalipto, desde o momento da coleta da estaca no minijardim até a finalização da muda para plantio são necessários de 100 a 120 dias. Para a muda de Pinus são 6 meses até estarem prontas para expedição, levando em conta que alguns dos materiais superiores da ArborGen têm produção limitada. Por isso a importância do planejamento silvicultural dos clientes, sendo uma forma de garantir a produção e entrega das mudas no período solicitado.

Durante esse período algumas atividades devem ser executadas para a formação das mudas, dentre elas: Escolha dos recipientes, preparo do substrato, plantio, seleção, adubação de cobertura e rustificação das mudas. Todos esses processos bem executados garantem uma muda de qualidade. Sempre ressaltamos, não é apenas o material genético escolhido que determina o sucesso do produtor, e sim a combinação entre uma silvicultura bem executada e o material genético adequado.

Os experimentos de campo, onde diversos materiais genéticos são testados têm o objetivo de identificar quais aqueles apresentam melhor desempenho em determinadas condições edafoclimáticas.  Resultados apontam que a diferença entre clones chega a ser de até 50% em volume de madeira e de até 30% em rendimento em processo fabril, mostrando que a escolha correta do material genético é fundamental para o sucesso do empreendimento florestal.

Imagine o seguinte exemplo para Eucalipto: clone 1 tem um IMA de 30³/há/ano e o clone 2 um IMA de 40m³/há/ano. Ao final de 7 anos a diferença em volume entre os clones será de 70m³ por hectare. Apesar de ter-se gasto os mesmos valores de implantação e manutenção, a escolha do material genético pode proporcionar um rendimento de R$5.600 por hectare a mais estimando um valor de R$ 80,00 por metro cúbico de madeira. Esse rendimento muita das vezes pode ser o diferencial no sucesso ou fracasso do empreendimento. Outros exemplos para sanidade e resistência ao déficit hídrico podem ser aplicados com consequências muito mais severas.

A ArborGen desenvolve cultivares adaptadas para as mais diversas condições climáticas do Brasil, possibilitando obter os melhores produtos da floresta. Conheça o nosso portfolio de mudas entrando em contato conosco pelos nossos canais de atendimento.

Estamos ansiosos para fazer negócios com você

R. Cap. Francisco de Paula, 251
Campinas - SP | CEP 13024-450

+55 19 3253-3800
Email: contato@arborgen.com.br

Onde Estamos

Siga-nos